(48) 3521-0835

Lei que institui a “Semana da Adoção do Menor Carente” Ă© aprovada

A situação de muitas crianças que são abandonadas pelos pais, ou foram retiradas da guarda destes por estarem em situação de risco sempre comove as pessoas. Mas a comoção não é suficiente, se não tratarmos do tema de maneira ampla e com responsabilidade.

Neste contexto, é que a proposta do vereador, Igor Batista (PV), que prevê atavés de Lei Municipal que seja instituída a “Semana da Adoção do Menor Carente” em Araranguá, foi aprovada na sessão desta quarta, 12.

O vereador quer que a semana que antecede o dia 25 de Maio (que é o Dia Nacional da Adoção), integre o calendário oficial do município. “Meu objetivo é que sejam promovidas campanhas de conscientização, sensibilização e publicidade dos temas ‘adoção’ e ‘menor carente’ com a realização de debates, palestras e seminários”, justificou o vereador.

A proposta da lei ainda sugere que atividades sejam promovidas para incentivar a proteção a criança abandonada, conscientizar às famílias e a sociedade do seu papel na formação do cidadão, que se discuta políticas públicas em defesa do menor e da adoção, e que estimule ao gesto da adotar.

Agora, o projeto segue para a sanção ou veto do prefeito, Mariano Mazzuco (PP). Caso seja sancionada, dará autonomia para a administração municipal junto da Câmara de Vereadores, Poder Judiciário, além do Ministério Público e entidades locais se organizarem para a elaboração de ações que abordem o tema.

Elogiado pelos demais vereadores quanto a iniciativa, o autor lembrou casos reais de crianças que conheceu e que precisam de apoio. “Já presenciei alunos meus contando que eram agredidos pelos pais, já acompanhei crianças que estão na Casa Lar e que se drogam; crianças que os pais abandonaram pelo mundo do crime. Precisamos nos unir para que muitas crianças sejam salvas e bem cuidadas!”, declarou.